Assistência Virtual: alternativa de trabalho home office para prevenir o Coronavírus

Em tempos de Coronavírus, a principal recomendação da Organização Mundial da Saúde é a de evitar aglomerações e o contato físico com outras pessoas. Mas como fazer isso no ambiente de trabalho, por exemplo? A Assistência Virtual é uma alternativa de trabalho home office que ajuda a prevenir o Coronavírus. Veja o porquê.

Sobre o Coronavírus

O Coronavírus é uma doença respiratória causada pelo agente que leva o mesmo nome. Esse vírus não é tão recente como imaginamos, pois é conhecido desde 1960. O problema é que essa doença está causando pânico na população mundial, devido à velocidade com a qual vem se espalhando nos últimos dias.

A manifestação mais recente do Coronavírus aconteceu na China no final de 2019, por isso vem sendo chamado de COVID-19, do inglês “coronavirus disease 2019” ou simplesmente “Novo Coronavírus”.

A grande preocupação da população é que, além de ser transmitido rapidamente, o número de mortes causadas pelo Novo Coronavírus é muito alto. Sem contar os casos confirmados da doença que já atingiu o mundo inteiro, fazendo com que ela fosse declarada como uma pandemia, pela Organização Mundial da Saúde.

Como evitar o Coronavírus?

Uma das primeiras medidas adotadas pela China, na ocasião do descobrimento da doença, foi a de isolar a população contaminada e evitar o contato com um grande número de pessoas. Isso porque o Coronavírus é transmitido pelo ar, pelo contato com as mãos no rosto, nariz e boca.

Outras medidas de saúde e higiene também ajudam a prevenir a doença. Dentre elas as mais divulgadas são:

  • Lavar bem as mãos (ao tossir, espirrar, ter contato com outras pessoas, após utilizar o banheiro e antes de comer e beber);
  • Cobrir boca e nariz com lenço de papel descartável ou com o braço ao tossir ou espirrar;
  • Evitar o contato com outras pessoas.

Como a Assistência Virtual pode ajudar a prevenir o COVID-19?

Justamente pelo último tópico de recomendação dos órgãos de saúde: evitar o contato com outras pessoas.

No mundo corporativo, muitas pessoas ainda precisam se locomover utilizando transporte público ou compartilhado. Quando chegam no ambiente de trabalho, dividem o espaço com os colegas e ficam no mesmo local por um período médio de 8 horas por dia.

Nos últimos dias, temos visto nos noticiários países como a Itália, que também está em estado de alerta por causa do Coronavírus. Dentre as recomendações recebidas no país, uma delas é a de trabalhar de casa. Infelizmente nem todos conseguem, mas para muitas pessoas isso é uma realidade, inclusive para mim.

Para quem ainda não conhece, a Assistência Virtual é uma modalidade de trabalho remoto, onde as pessoas podem trabalhar em home office, ou seja, diretamente de suas casas. Esse tipo de trabalho é comum em boa parte do mundo, mas vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil, graças aos avanços da tecnologia e da era digital.

Importante! Assistente Virtual pode sim ter contato com as pessoas. O fato é que, tendo a oportunidade de trabalhar em home office, fica mais fácil prevenir surtos de doenças contagiosas.

Como me tornei uma Assistente Virtual?

Na verdade eu já trabalhava com isso e nem sabia! Enquanto eu ainda era Analista de Suporte trabalhando fisicamente para uma empresa de informática, comecei também a desenvolver um trabalho freelance como Redatora para o site GreenMe.

Até então eu ainda ia fisicamente para a empresa e dividia o espaço de trabalho com meus colegas. Exceto no trabalho como redatora, pois conseguia fazer em casa mesmo, utilizando apenas o meu notebook.

Com o passar do tempo, conheci o curso Como Ser Assistente Virtual, da Camile Just, onde ela ensina a trabalhar de forma remota, com as habilidades que já temos.

Nesse curso eu aprendi que, além do trabalho de redatora, eu poderia trabalhar com financeiro, atendimento, secretariado e até mesmo como Produtora de Conteúdo. Tudo isso de forma remota, utilizando apenas um computador com internet e telefone.

Foi então que, em 2018, decidi sair do trabalho físico e comecei a empreender como Assistente Virtual com foco em Produção de Conteúdo.

Essa mudança foi bastante providencial na época, pois me permitiu cuidar dos meus pais num momento delicado da família, mas isso eu conto em outros artigos.

O objetivo aqui não é fazer propaganda, mas sim chamar a atenção para mais uma funcionalidade da forma com a qual eu escolhi trabalhar.

Claro que a Assistência Virtual não resolve o problema do Coronavírus, pois sabemos que isso depende de uma série de fatores, principalmente das condições de saúde e da imunidade das pessoas. Por isso é tão importante levar a sério as recomendações da OMS, pois essa é uma doença que pode sim ser controlada com medidas simples.

Da minha parte, só posso dizer que fico muito mais tranquila por não precisar me expôr a esse tipo de situação… Pelo menos não mais por deslocamento em transporte público ou pelo contato com várias pessoas no ambiente de trabalho.

Ninguém está livre de contrair o Coronavírus, mas é possível sim evitá-lo, seguindo as recomendações de higiene e mantendo-se em um tipo de “isolamento temporário”.

Quer saber mais sobre Assistência Virtual?

Separei esse artigo aqui onde explico: O que faz um(a)Assistente Virtual?

Se quiser saber mais sobre o assunto ou mesmo se quiser dar sugestões de temas e tirar dúvidas, deixe um comentário abaixo.

Compartilhe esse artigo com quem possa se interessar pelo tema e obrigada pela visita! 😉

Um comentário em “Assistência Virtual: alternativa de trabalho home office para prevenir o Coronavírus

Deixe uma resposta para Maria Zélia Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: